Marcelo Sales

Parcerias estratégicas na sociedade colaborativa

Blog Post created by Marcelo Sales Employee on Feb 5, 2018

Transformação digital e inovação impulsionam a criação de ecossistemas que ofereçam soluções de ponta a ponta para os clientes

 

Por Marcelo Sales*

 

Saber conviver em grupo e equipe é uma característica fundamental dos nossos tempos. Mas nem sempre o exercício da colaboração flui da maneira que deveria. Essa dificuldade pode se manifestar, por exemplo, na falta de parcerias estratégicas nos mais diversos âmbitos da vida, inclusive no profissional. E, quando falamos em transformação digital e no desenvolvimento de tecnologias inovadoras, a formação de ecossistemas estratégicos para o negócio, em diversos setores de mercado, pode determinar o sucesso ou o fracasso de líderes e empresas.

 

Texto 6_ecossistema_parceria_trabalho em grupo.jpeg

 

Em 2016, a Forbes Insights divulgou o estudo “How to Win At Digital Transformation” (“Como Ganhar na Transformação Digital, em tradução livre), em parceria com a Hitachi Vantara, apontando que 16% das empresas em processo de transformação consideravam o relacionamento com parceiros, vendedores e outras partes indiretamente envolvidas no negócio um condutor da mudança. Esse número deve subir para 23% até o final deste ano.

 

Um olhar um pouco mais atencioso ajuda a compreender como a transformação digital, o conceito de coisas conectadas e a estratégia de dados impulsionam a necessidade de firmar parcerias. A complexidade tecnológica trouxe para a realidade corporativa novos conceitos de inovação aberta, caracterizada pela união de diferentes entidades, incluindo concorrentes, startups e até associações comerciais com foco na evolução.

 

Cindy McCurley, minha colega de trabalho e diretora da divisão de cloud e convergência da Hitachi Vantara, apontou motivos que, de uma forma ou de outra, nos estimulam a agir, efetivamente, em grupo e tornam a sociedade mais colaborativa:

 

  1. O mundo está mudando. Não falamos mais apenas sobre prover uma solução. O foco é no atendimento completo ao cliente e no modelo de consumo que ele impõe.
  2. Começamos a criar ecossistemas de parceiros porque empresas estão reconhecendo que não é possível, sozinhas, oferecer soluções de ponta a ponta.
  3. A competição, hoje, não é com outra organização, mas com grupos que conseguem personalizar o atendimento.
  4. O conceito de colaboração e união entre companhias - incluindo até eventuais concorrentes - é uma resposta natural da própria transformação digital. Se uma fatia da solução não faz parte do portfólio ou foco de inovação corporativa, a melhor opção é buscar parcerias que tenham expertise no assunto.

 

Ligações empresariais podem acontecer pelos mais diversos motivos. Mas esses são pontos que nos ajudam a ponderar sobre as novas estruturas organizacionais que vão surgindo à medida em que a tecnologia evolui e sua importância na sociedade progride. Vale a reflexão.

 

*Marcelo Sales é Diretor de Produtos e Soluções da Hitachi Vantara LATAM

Outcomes