Marcelo Sales

TI em transição: 3 tendências a serem colocadas em prática agora

Blog Post created by Marcelo Sales Employee on Feb 27, 2018

Para chegar à era do uso estratégico de dados, as empresas devem, antes de tudo, garantir o funcionamento da infraestrutura e operação de TI

 

por Marcelo Sales*

 

A jornada da transformação digital demanda das organizações um novo mindset, voltado à inovação e aos riscos inerentes a esse movimento. Mas, antes de embarcar em soluções e ferramentas disruptivas, a TI precisa garantir o bom funcionamento de sistemas legados e a renovação da infraestrutura obsoleta.

 

tendências_tecnologia_cloud computing.jpg

 

Segundo o Gartner, no decorrer de 2018, a tecnologia suportará, cada vez mais, aplicativos complexos e distribuídos, usando sistemas que rodam em diversas plataformas, como data centers locais, nuvens públicas e fornecedores de hospedagem. Nesse sentido, percorrer o caminho da transformação, sem pular etapas, constitui uma premissa básica para inserir a empresa no mundo digital.

 

A seguir, selecionei algumas das tendências tecnológicas apontadas pelo Gartner para os próximos anos,  a fim de que a TI consiga adequar a infraestrutura para os novos tempos e, assim, abrir caminho para soluções e ferramentas mais sofisticadas.

 

1. Transformação da TI tradicional

Esse item se relaciona diretamente com o planejamento estratégico do negócio, no sentido de apoiar e viabilizar a entrada em novos mercados e o desenvolvimento de novas formas de interação com os clientes. A consultoria aponta que mais de 30% dos gastos atuais em tecnologia da informação não saem do orçamento da área. No entanto, será responsabilidade da TI apoiar as novas iniciativas, administrar os fluxos de trabalho e gerenciar novos tipos de ativos em um ambiente híbrido.

 

2. Nuvem

Parte da construção dessa nova arquitetura tecnológica e de negócios está na adoção da computação em nuvem, que ainda é uma questão a ser desenvolvida em muitas empresas. Como diz o Gartner, permitir migrações controladas, treinar pessoal e garantir ambiente seguro são os primeiros passos de uma transição que está apenas no início.

 

3. Otimização da capacidade

As organizações precisam evitar desperdícios. E esse problema ocorre tanto em data centers convencionais, quanto na nuvem. Conforme apontamento da consultoria, para que esse gargalo seja corrigido, a cultura organizacional deve mudar, de forma que a instituição volte-se não apenas a tempo de atividade e disponibilidade da infraestrutura, mas também a capacidade, utilização e densidade da tecnologia.

Nos próximos artigos, aprofundarei esse tema, colocando luz à agenda do CIO e aos principais desafios em termos de atualização e preparação da infraestrutura tecnológica para a era digital.

*Marcelo Sales é Diretor de Produtos e Soluções da Hitachi Vantara LATAM

Outcomes